Isabel Paiva, Miguel Galvão & Associados
   
Sociedade Revisores Oficiais Contas

 

 

Controle de qualidade

Qualidade da auditoria

O objectivo principal de uma auditoria é a emissão de uma opinião sobre as demonstrações financeiras.

O objectivo principal do Controlo de Qualidade é assegurar que essa opinião é correcta.

O auditor pode emitir uma opinião incorrecta sobre as demonstrações financeiras de duas maneiras:

- emitir uma opinião negativa sobre umas demonstrações financeiras que na realidade estão correctas, ou

- emitir uma opinião positiva no caso de demonstrações financeiras que não estão correctas.

 O controlo de qualidade está especialmente concentrado no segundo caso, porque se assume que, em caso de uma opinião negativa sobre demonstrações financeiras que na realidade estão correctas, surgirá uma reacção do cliente com evidência suplementar que permitirá ao auditor corrigir o seu julgamento.

 Assim, o controlo de qualidade procura assegurar que o risco de auditoria é mantido a um nível aceitável dentro das directrizes aplicáveis à revisão/auditoria. (Normas Técnicas e Directrizes de Revisão/Auditoria aprovadas pela Ordem dos Revisores Oficiais de Contas, Normas e Recomendações Internacionais de Auditoria, emitidas pela International Federation of Accountants (IFAC), e Normas de Auditoria Geralmente Aceites (GAAS- Generally accepted auditing standards) (AICPA).

Os procedimentos que seguimos para tal são os seguintes:

 Ao nível geral:

- Designação de um sócio responsável pelo controlo de qualidade e atitude de todos os sócios, enfatizando a importância da qualidade perante todos os colaboradores;

- Recrutamento de pessoal com um nível académico adequado (licenciatura ou bacharel em contabilidade);

- Formação no campo, complementada com sessões promovidas dentro da empresa e cursos específicos no exterior;

- Utilização de checklists e de programas padrão (estes a serem adaptados a cada entidade, sob a supervisão do Revisor);

 - Revisão de um trabalho por um segundo sócio (em casos de trabalhos em que o risco de auditoria aceitável seja baixo, trabalhos complexos e pontualmente, para melhorar qualidade e eficácia).

 Ao nível de cada trabalho:

- Supervisão de um Revisor Oficial de Contas em todas as fases do trabalho;

- O planeamento do trabalho, incluindo a identificação de áreas criticas é normalmente efectuado por um Revisor, e em todos os casos é aprovado pelo Revisor responsável pelo trabalho.

 - Todos os papéis de trabalho são revistos em detalhe por um auditor de nível hierárquico superior. O Revisor Oficial de Contas revê em detalhe os papéis de trabalho referentes às áreas criticas e outros que tenham sido efectuados por um auditor de nível sénior.

 - Controle faseado por uma equipa independente que os procedimentos aplicados garantem em todas as fases do trabalho a qualidade adequada à prestação do serviço

 

Serviços prestados pela Sociedade
 

» Auditorias / Revisão Contas

» Auditorias Financeiras e patrimoniais

» Auditorias a programas de financiamento comunitário

» Auditoria Fiscal

» Verificação dos pedidos de pagamento de incentivos

» Certificação de despesas no âmbito de financiamentos comunitários

» Fusão e cisão de sociedades

» Transformação de sociedades

» Liquidação de Sociedades

» Avaliação de Empresas/Corporate Finance

» Revisão limitada e Due Diligence

» Fiscalização de Sociedades

» Entradas em espécie para realização de capital

» Peritagens judiciais e extra-judiciais

» Verificação das entradas em espécie para realização de capital